terça-feira, 22 de março de 2011

DIA MUNDIAL DA ÁGUA

 
PLANETA ÁGUA 
 
 
 
Água que nasce na fonte
Serena do mundo
E que abre um
Profundo grotão
Água que faz inocente
Riacho e deságua
Na corrente do ribeirão...

Águas escuras dos rios
Que levam
A fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população...

Águas que caem das pedras
No véu das cascatas
Ronco de trovão
E depois dormem tranqüilas
No leito dos lagos
No leito dos lagos...

Água dos igarapés
Onde Iara, a mãe d'água
É misteriosa canção
Água que o sol evapora
Pro céu vai embora
Virar nuvens de algodão...

Gotas de água da chuva
Alegre arco-íris
Sobre a plantação
Gotas de água da chuva
Tão tristes, são lágrimas
Na inundação...

Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra
Pro fundo da terra...

Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água...

Água que nasce na fonte
Serena do mundo
E que abre um
Profundo grotão
Água que faz inocente
Riacho e deságua
Na corrente do ribeirão...

Águas escuras dos rios
Que levam a fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população...

Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra
Pro fundo da terra...

Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água...
 
 
(Guilherme Arantes)

sexta-feira, 11 de março de 2011

DIVÓRCIO 



Que vazio triste e traiçoeiro

descobrir desamor invasor

após afeto completo inteiro.


Pranteio este desperdício

Deploro estes indícios

Que atestam este final.


Errado rumo tomado

por corações desalmados

tão pouco fiéis aos intentos

de belos e raros sentimentos

sem eco em outra relação,

que não essa solidão,

de dois vivida aos tropeços

em hiatos de fins e começos

sem nada chegar por sinal!

(Mariney K.)

quinta-feira, 10 de março de 2011

DIA INTERNACIONAL DA MULHER



Parabéns  à  NÓS  mulheres...

Que  abraçamos  o  mundo  com  a  nossa  doçura  e    nosso  amor...
Que  derramamos  nossas  lágrimas  de  carinho  e  solidariedade...
Que  povoamos  este  mundo  de  indivíduos  que  criam  e  constroem...
Que,  com  nosso  desapontamento,  lamentamos  os  mal  encaminhados  do  mundo....
Que  temos  ombros  para  compartilhar  a  dor  alheia...
Que  temos  a  vocação  do  perdão ...
Que  somos  esteio  dos  homens  e  das  crianças...
Que  somos  motivo  para  plantio  das  flores...
Que  somos  musas  para  belas  canções...
Que  somos   inspiração  para  lindas  poesias...
Que   temos  esperança  para  esse  mundo...
E  SEMPRE  seremos  a  possibilidade  de  algo  melhor  para  todos...
 Minha  homenagem,  neste  8  de  março...

(Mariney K.)