quarta-feira, 22 de março de 2017



MULHER                                  
Esta é a vida com que sonhavas?

Fazer de ti este amontoado
de formas disformes,
esturricar tua mente
à beira do fogão,
às voltas com panelas e receitas,
água e sabão?

Esta é a vida com que sonhavas?

Fazer de ti este ser assexuado,
sem atrativos,mal amado.
Implorando atenção
para um interior carente,
de um exterior decadente,
cansada...e nada?

Esta é a vida com que sonhavas?

Rainha de coroas falsas
exigentes e maldosas
esquecem teu próprio eu.
Perdida em fraldas,fedores,
remelas e enxugadores.
Escrava sob feitores.

Esta é a vida com que sonhavas?

Do teu homem não tem pista
pois,solto,é preso em isca
de outrem sem teus haveres
que,livre de teus afazeres,
pode curtir os prazeres
e suprir o espaço teu.

Esta é a vida com que sonhavas?

Onde estás tu,mulher?
Desgarrada de teus sonhos,
frustrada em teus ideais,
esquecida de tua vida!

Vira a mesa!
Vá à luta!

(Mariney K.)


Nenhum comentário: